Considerando a realização da Eleição para a Assembleia da República agendada para 10 de março de 2024, os eleitores portugueses residentes em Timor-Leste devem verificar o seu local de recenseamento (https://www.recenseamento.mai.gov.pt), correspondente à morada associada ao respetivo Cartão de Cidadão.

  • Caso tenha a morada do Cartão de Cidadão em Timor-Leste, mas não se encontre recenseado deverá deslocar-se à Secção Consular e solicitar a inscrição no caderno eleitoral, antes do dia 10 de janeiro 2024, nos dias úteis dentro do horário de expediente (09:00 - 12:30 / 14:00 - 17:30).
  • Caso já esteja recenseado com a morada do Cartão de Cidadão em Timor-Leste, poderá exercer o seu direito de voto por via postal ou presencial: (i)Voto presencial - Se pretende exercer o seu direito de voto presencialmente, deve manifestar essa intenção (caso não o tenha efetuado em eleição anterior para a Assembleia da República) junto da Secção Consular antes do dia 10 de janeiro 2024; (ii)Voto via postal - Se não optar por exercer o seu direito de voto presencialmente, irá receber, por correio, a documentação para exercer o seu direito de voto via postal.
  • Caso pretenda alterar o local de recenseamento para Timor-Leste, deverá efetuar agendamento, com toda a brevidade, para renovação de Cartão de Cidadão na Secção Consular e aguardar a remessa do novo cartão e respetiva carta PIN para a Embaixada. A transição para o caderno eleitoral de Timor-Leste só ficará confirmada aquando do levantamento do novo Cartão de Cidadão, o que deverá ocorrer antes de 10 de janeiro de 2024.
  • Caso esteja recenseado em Portugal e esteja deslocado em Timor-Leste, poderá exercer o voto antecipado, mediante condições e procedimentos a comunicar oportunamente.

 

  • Partilhe